09 outubro 2011

Mais valias

A internet é um sítio tão fenomenal que até é possível ouvir músicas com som da grafonola, tão antigas. 

Melhor seria divagar no tempo e sentar-me de espartilho de pano, já que o espartilho terno parece não querer desprender-se.

Chego à conclusão que sem música nada feito. Não há escritos para ninguém. Mais valia manter a conta no Youtube e calar a boca.

Domingos!
a inspiração vem do Pedro Mexia, andei a coscuvilhar o que ele diz

Anita (mas só por hoje)

2 comentários:

  1. Nada como a musica para nos acarinhar a alma balançar o corpo, fazendo-o sentir-se, precipitar o ritmo do sangue e fazer sentir o nosso coração fazer pum, pum, pum num ritmo de vida, até nos levar um sorriso aos lábios fazendo-nos ver de que cores se pinta a vida.

    escrevi-te uma carta no dia em quem nasceste e amo-te desde ai.

    ResponderEliminar
  2. Acho que vou conseguir por-te a escrever novamente ;) Haja musa! Eheheh

    Tenho de trazer as cartas para mais pertinho de mim. De facto, fui bem recebida nesta vida!!

    Love u back my dear :)

    ResponderEliminar