29 fevereiro 2012

retalhos II

Escritos a tiro, plágios intrapessoais da vida real de alguém que gosta de Molesquines electrónicos.

Tantas historias e afins ao dia, que esvaem noites de profundo lirismo atacado de dores nas mãos.

O que pesa, martiriza a pele.

Sem comentários:

Enviar um comentário