21 junho 2013

o País mais... do Mundo!

Portugal. Quem o vê da Amazónia diz que Portugal é vinho, bacalhau e bisavôs que não chegaram a conhecer, cujos deixaram sobrenomes… Portugueses.

 

Portugal. Visto por mim, aqui da Amazónia, é o País mais estúpido de todos os Países do Mundo.  


Portugal está, de facto, cheio de vinho e de bacalhau. O vinho é magnífico. O bacalhau continua em vias de extinção, embora todos os Portugueses o ignorem. Os bisavôs emigrados já morreram quase todos e isso não me parece ser importante. O meu já bateu as botas e nem sei onde está sepultado – se em Portugal, se aqui ao lado no Estado do Pára.

Portugal é um País estúpido por ser o mais bonito País do Mundo, cheio de pessoas sublimes e facultosas, em termos cognitivos e emocionais. Há uma pureza humana que me encanta e me orgulha. Mas está fechada em casa.

Portugal está cheio de poetas vivos, de jornalistas criteriosos, de críticos de arte e de música, de designers, de engenheiros, de gestores e médicos. Parece haver poucos Psicólogos em Portugal, ou então não se lhes é dado o uso devido.

Quando andamos pelas ruas Portuguesas encontramos música de todo o tipo, como se encontra o velho e o novo, sempre cheio de estilo. E estilo aqui neste texto refere-se a uma forma de ser e de estar que é muito Portuguesa – vivacidade nos olhos e que se lixe a troika. Mais uma vez, fechado em casa.

O País Portugal é mais velho do que a Sé de Braga e todos os portugueses entendem isso. No entanto, respira de uma jovialidade fenomenal, no sentido em que todos em Portugal se percebem encantados com a infinitude de recursos Portugueses. Mas que vinho qual carapuça. Muito melhor é perceber os vales de onde ele vem. Tudo à mão de semear.

Portugal tem uma luz tao única que me chateia e aborrece sentir que muito pouca gente sabe aprecia-la e que quase ninguém no Mundo sabe da estupidez de Portugal, que de tanto ser o melhor se torna o fechado País das Maravilhas, entregue a uma cambada que é mais Alemã ou Chinesa do que Portuguesa.

Tudo isto me faz pensar: mas afinal o que tanto guarda Portugal que não permite que o Mundo o veja!? O que se guarda aí ao longe que não é passível de ser descoberto? E nós, Portugal, Portugal, que descobrimos meio Mundo…

Só me apraz afirmar. Portugal é o País mais estúpido do Mundo, igualmente estúpido que reduz o meu País a vinho e bacalhau.


E nisto entendo por que deixa tanta Saudade.

Sem comentários:

Enviar um comentário